Home Apostas Inteligência artificial nas apostas esportivas
< Voltar

,

Inteligência artificial nas apostas esportivas

05/02/2019

Compartilhe

Esta tecnologia foi possível prever o vencedor da Super Bowl de futebol americano do ano de 2017esta tecnologia foi possível prever o vencedor da Super Bowl de futebol americano do ano de 2017

A esta altura, a inteligência artificial (IA) dispensa longas apresentações. Os enormes avanços desta tecnologia fazem com que seja possível processar um volume exorbitante de dados para extrair conclusões extremamente úteis. As apostas online são um exemplo de negócio que gira em torno de números, muitos números – e com bastante dinheiro envolvido.

Notavelmente, ao recorrer a esta tecnologia foi possível prever o vencedor da Super Bowl de futebol americano do ano de 2017. O algoritmo não só calculou o vencedor como acertou exatamente no número de pontos que cada equipe marcaria. Tendo em conta a precisão deste exemplo, talvez o mesmo não seja facilmente replicável, mas a inteligência artificial pode ser usada nas apostas esportivas para ajudar a calcular resultados mais ambíguos (vencedor de um jogo ou número de gols marcados).

Dados, dados e mais dados

Existe uma forte condição que deve ser cumprida para que esta tecnologia possa ser empregue com sucesso na previsão de resultados de apostas. Quem o quiser fazer terá de ter consigo uma grande quantidade de dados relevantes para o problema. Quantos mais dados tiver melhor (não esquecendo a relevância). É a grande vantagem dos operadores que calculam as odds das apostas desportivas: têm acesso a todos esses dados e uma boa estrutura para os processar (ou recorrem a empresas externas como a Betradar para isso).

Ter um bom conhecimento do problema em mãos também é imprescindível. Entender o que são as odds, e como as casas de apostas desportivas as usam para benefício próprio, é um ponto chave. Isto porque ao estimar um resultado, os algoritmos de inteligência artificial atribuem-lhe também um grau de confiança que é essencial para decidir se deve-se ir em frente com uma aposta. Uma prática muito conhecida no ramo por “encontrar apostas de valor”.

A boa notícia é que existem algumas fontes gratuitas de dados de apostas desportivas. A má notícia é que o conhecimento técnico e prático, necessário para usar esses dados, é uma grande barreira de entrada para quem esteja a ler este texto a pensar que pode ficar rico com as apostas, recorrendo à IA.

Outros usos

As aplicações da inteligência artificial nas apostas podem ir além da previsão de resultados. Existe uma preocupação crescente com a dependência do jogo. Os utilizadores em risco de estar a criar um vício perigoso, dificilmente têm o discernimento de se auto-excluir da atividade. Muitas vezes isto acontece tarde demais; quando a perda financeira já foi muito elevada.

É aqui que a IA pode ajudar, com alguma colaboração das casas de apostas (e do órgão regulador). Um algoritmo pode detectar padrões de comportamento de um apostador para quantificar o risco desse jogador estar a desenvolver um vício prejudicial, e deste modo evitar que isso aconteça. (Wintech – João Fernandes)