Home Loteria II Seminário Internacional de Loterias de Mar del Plata
< Voltar

II Seminário Internacional de Loterias de Mar del Plata

18/03/2014

Compartilhe

Começa nesta quarta-feira (19) o ‘II Seminário Internacional de Loterias – Desafiando o Contexto’, que será realizado no Hotel NH Gran Hotel Provincial de Mar del Plata, na Argentina, promovido pelo Instituto Provincial de Lotería y Casinos da província de Buenos Aires (Loteria da Província de Buenos Aires), pela Asociación de Loterías, Quinielas y Casinos Estatales de Argentina – ALEA e com apoio da CIBELAE.

O evento que vai contar com a participação de 400 executivos da América do Sul, vai abordar o crescimento do jogo ilegal nos países latino-americanos.

Em entrevista ao Yogonet.com, o presidente do Instituto Provincial de Lotería y Casinos de Buenos Aires, Jorge Rodríguez convocou os prefeitos da província a somar-se e colaborar com a luta contra o jogo ilegal.

“É necessário que cada um dos prefeitos e a Justiça acompanhem o trabalho que realizamos no Instituto promovendo o jogo legal e sua importância dando conhecimento a única lei que existe no país sobre as sanções ao jogo de azar ilegal. Recebemos mais de 180 denúncias dos representantes da Câmara de Agentes Oficiais da província e levamos aos tribunais competentes aguardando a emissão do mandado de busca, mas os resultados não têm sido efetivos”, comentou Rodriguez.

A Lei 13.470 prevê penas e multas, tanto para o apostador como o colaborador, intermediário e o operador ilegal, que varia de 30 dias a dois anos. Bem como empregados ou funcionários das províncias ou municipais que omitirem a denuncia das condutas penalizadas pela lei.

“Cada peso que as pessoas jogam é um tijolo para uma escola”

Está foi à declaração do vice-presidente do Instituto Provincial de Loterias e Casinos de Buenos Aires e CEO da Corporação Ibero-Americana de Loterias do Estado (CIBELAE), Nestor de Cotignola, para destacar a importância do jogo legal na Argentina.

O dirigente não só destacou a quantidade de famílias que vivem do emprego originado pelos jogos de azar oficiais, mas que, além disso, o marco do jogo legal, “cada peso que a gente joga é um tijolo a mais para uma escola, um insumo para um hospital, combustível para uma patrulha ou um prato de comida ou sopa para uma pessoa carente”, comentou Nestor de Cotignola.

O dirigente também ressaltou o trabalho social da província de Buenos Aires através da Loteria da Província e deu detalhes sobre o segundo seminário internacional de agência de loterias, que contará com a participação da 400 profissionais e executivos de diversos países com o tema “Desafiando o Contexto”.

“Este seminário é uma ideia que nasceu das autoridades e da Loteria e é realmente um grande desafio realiza-lo na Argentina”, comentou. Segundo o CEO da CIBELAE, durante os dois dias de reuniões serão tratadas questões relacionadas com a gestão de jogos multi-jurisdicionais, como a experiência do "Euromilhões" loteria europeia lançada há 10 anos em nove países do velho continente.

Cotignola também salientou que a atual situação do mercado na América Latina será discutido e previu uma análise estatística da evolução dos jogos de azar em diferentes países do continente. Ele também informou que haverá apresentações sobre o jogo legal e os “benefícios para todos” e será discutido mais experiências na luta contra o jogo ilegal. (Com informações do Yogonet.com e Radio FM 91.3 Simphony)