Home Apostas Entenda para que servem as casas de apostas
< Voltar

Entenda para que servem as casas de apostas

17/07/2019

Compartilhe

Se você está iniciando no universo das apostas, provavelmente quer saber exatamente o que faz um bookmaker, ou traduzindo, uma casa de apostas.

Porém, antes vamos falar um pouco sobre como a figura do bookmaker surgiu. Há muito tempo atrás, as apostas esportivas existiam sem as casas de apostas. Quando as pessoas começaram a apostar em esportes, apostavam diretamente com outras pessoas. Os apostadores concordavam entre si a respeito dos termos da aposta e se acertavam quando o evento terminasse.

E, se pensarmos bem, as pessoas ainda apostam assim até hoje. Quem nunca fez os mais variados tipos de apostas com amigos ou familiares, não é mesmo?

Entretanto, a maioria das apostas esportivas hoje é feita de forma mais formal, através de uma casa de apostas, ou seja, um bookmaker.

Como o bookmaker surgiu?

O termo bookmaker não era utilizado até o século XIX. A função já existia há muito tempo e era parte integrante das apostas esportivas. Ou seja, em todo o mundo havia indivíduos, grupos e organizações que estavam dispostos a aceitar apostas de qualquer um que desejasse dar seus palpites em um evento esportivo.

Ao longo dos anos, a indústria de apostas esportivas cresceu significativamente. O mercado legal e regulamentado vale bilhões de dólares. Independentemente de números e estatísticas, é fácil afirmar que a indústria de apostas é enorme. Há milhares de operações pelo mundo todo.

Algumas dessas operações são pequenas e só recebem apostas de um número seleto de clientes. Outras são operações massivas, que atendem a milhões de clientes em escala global. O papel de um bookmaker é fundamentalmente o mesmo, independentemente do tamanho da organização.

Na verdade, o papel das primeiras casas de apostas, comparado ao das casas atuais, não é muito diferente. A mudança mais significativa em relação ao papel do bookmaker é, sem dúvidas, o advento da Internet. Diversas casas de apostas operam online e os clientes hoje podem fazer apostas sem qualquer interação humana.

A maioria das empresas de bookmaking contrata uma equipe de compiladores de odds (probabilidades). Eles são responsáveis por definir as odds (probabilidades) e lines (linhas). Embora eles usem software para ajudá-los, é necessário saber muito sobre os esportes que cobrem. Suas habilidades matemáticas também contam muito.

Os compiladores de odds são influenciados por vários fatores, ao avaliar odds e lines. Quatro fatores são fundamentais para eles:

– Sua própria perspectiva

– Margem de lucro

– Atividade de apostas esperada

– Odds e lines dos concorrentes

Como o bookmaker age em cada caso?

Como os compiladores de odds são extremamente bem informados, eles dão suas próprias opiniões sobre o que provavelmente vai acontecer. Eles analisam todos os possíveis resultados e determinam a probabilidade de cada um deles se tornar realidade.

Quando se trata de precificar o valor para o vencedor de uma partida de tênis, por exemplo, o processo é relativamente simples. Existem apenas dois resultados possíveis. Um jogador ganha e o outro perde. Portanto, os compiladores precisam apenas fazer um julgamento sobre as chances relativas de cada jogador vencer. Se os dois jogadores estivessem quase empatados, eles poderiam fazer o seguinte julgamento:

– Jogador A – 55% de chance de ganhar o Jogador B – 45% de chance de vencer

Nesse caso, as chances de cada jogador ganhar serão razoavelmente próximas. As odds do Jogador A serão ligeiramente inferiores, porque se considera mais provável que ele ganhe.

Se um dos jogadores fosse significativamente melhor que o outro, eles poderiam fazer e seguinte estimativa.

– Jogador A – 85% de chance de ganhar; Jogador B – 15% de chance de ganhar.

Neste caso, as chances de cada jogador ganhar serão muito diferentes. As odds do jogador A serão muito mais baixas, porque é extremamente provável ele que ganhe. O jogador B é claramente uma “zebra”. Então, as odds caso ele ganhe serão bastante altas.

Muitos cenários são bem mais complexos

O processo fica mais complicado quando há mais de dois resultados possíveis. Em um jogo de futebol, por exemplo, há três resultados possíveis. O Time A pode vencer, o Time B pode ganhar ou o jogo pode terminar empatado. Assim, um compilador de odds pode fazer o seguinte julgamento de um jogo.

– 45% de chance de o Time A ganhar, 20% de chance de o Time B vencer e 35% de chance de empatar.

Neste exemplo, o Time A é favorito para vencer. Um empate é o próximo resultado mais provável. O Time B vencedor é o resultado menos provável.

Para alguns mercados, existem muitos resultados possíveis. Pegue o caso de um torneio de golfe, por exemplo. Pode haver dezenas de jogadores no campeonato e cada um tem sua própria chance de ganhar. É um cenário bem mais peculiar.

Afinal, o que faz um bookmaker hoje?

O papel de um bookmaker vai muito além da configuração e do ajuste de odds e linhas. Há muitas outras atividades que eles precisam realizar. Algumas das tarefas mais importantes do bookmaker na indústria de apostas esportivas online são:

– Processamento de pagamentos

– Publicidade e marketing

– Atendimento ao cliente e retenção

– Manutenção técnica e desenvolvimento Inovação

Isso é apenas um resumo do que faz um bookmaker. Se você quer saber tudo sobre o mundo do gaming, não deixe de seguir o blog da Pay4Fun.