Home Especial Dinheiro compra felicidade?
< Voltar

Dinheiro compra felicidade?

18/03/2002

Compartilhe

O provérbio “dinheiro não compra felicidade” tem sido posto à prova em várias ocasiões. Você mesmo, em situações financeiras difíceis, pode ter pensado que seria mais feliz se ganhasse na loteria ou recebesse alguma herança. Pensamentos como esses levaram os professores Andrew Oswald e Jonathan Gardner, da Universidade Warwick, na região central da Inglaterra, a estudar o assunto cientificamente. Eles rastrearam o comportamento de 9 mil famílias inglesas e procuraram descobrir até que ponto uma repentina entrada de dinheiro poderia trazer contentamento duradouro a essas pessoas. “Encontramos uma ligação muito forte entre entrada de dinheiro, aumento da felicidade e melhor saúde mental no ano seguinte”, disse Oswald, chefe da área de pesquisas sobre satisfação e performance econômica daquela universidade. “Até mesmo pequenas quantias de dinheiro extra, como mil libras (o equivalente a 3 360 reais), geram efeitos de contentamento. E, quanto mais você ganha, melhor você se sente”, afirma Oswald. Segundo a pesquisa, receber 1 milhão de libras (3,36 milhões de reais) seria suficiente para transformar até a mais infeliz das criaturas num retrato de felicidade. Numa enquete em seu site, MEU DINHEIRO perguntou aos internautas se dinheiro compra felicidade. A maior parte afirmou acreditar que o dinheiro compra contentamento, sim, ou que pelo menos ajuda a tornar uma pessoa mais feliz. Revista Meu Dinheiro