Home BNL Deputado Delegado Pablo vê os jogos como alternativa de desenvolvimento
< Voltar

Deputado Delegado Pablo vê os jogos como alternativa de desenvolvimento

21/05/2019

Compartilhe

Entre as possíveis áreas a serem consideradas para desenvolver a região, o Deputado Delegado Pablo cita como exemplo a regulamentação de jogos de azar, o turismo ecológico e a exploração da biodiversidade

Foi instalada na última quarta-feira (15), na Câmara dos Deputados, a Frente Parlamentar em Defesa da Amazônia, que contará com mais de 200 deputados. O grupo será presidido pelo parlamentar amazonense Delegado Pablo (PSL-AM) e buscará priorizar o desenvolvimento sustentável e a proteção dos recursos naturais.

Vice-presidência da Frente Parlamentar pela Aprovação do Marco Regulatório dos Jogos, o parlamentar comentou que a ideia da frente da Amazônia é trazer alternativas de desenvolvimento para os habitantes da região, que, hoje, são raras.

“A ideia é que a gente coloque alternativas de desenvolvimento. Todas elas baseadas em exploração sustentável e responsável, mas que possam levar esse desenvolvimento para a região de uma maneira global”, declarou Delegado Pablo ao portal Sputnik Brasil.

Entre as possíveis áreas a serem consideradas para desenvolver a região, o parlamentar cita como exemplo a regulamentação de jogos de azar, o turismo ecológico e a exploração da biodiversidade.

Durante o lançamento da Frente Parlamentar Pró-Jogo o deputado Delegado Pablo comentou que os jogos no Brasil já existem há muito tempo, porém atuam na marginalidade. “Hoje, o único beneficiado com os jogos é o crime organizado, que movimenta fortunas e investe na compra de armas e no tráfico de drogas”.

Outra vantagem será a geração de impostos, que poderá ser dividido entre municípios, Estados e a União. “Todos ganham”, acrescentou Pablo.

Ao falar na reunião, o deputado Pablo se comprometeu em buscar apoio dos demais deputados do Amazonas para que a proposta de regulamentação dos jogos ganhe força na Câmara Federal.

“Sei que é uma proposta polêmica, por isso precisamos conversar com políticos e a sociedade para explicar as vantagens proporcionadas pela regulamentação dos jogos”, completou Pablo.