Home Destaque Como ganhar na loteria pode se tornar uma maldição
< Voltar

,

Como ganhar na loteria pode se tornar uma maldição

05/02/2019

Compartilhe

A psicóloga Zoe Krupka acredita que muitos ganhadores de loto acabarão precisando de aconselhamento porque ganhar tanto dinheiro subitamente proporciona uma “liberdade terrível”

Quando uma mãe ganhou um dos maiores prêmios de loteria da Austrália, conseguiu destaque internacional. A mulher anônima de Sydney, com cerca de 40 anos, se tornou AU$ 107 milhões (US$ 76,9 milhões) mais rica em 17 de janeiro, dando-lhe liberdades financeiras com as quais ela só podia sonhar, antes de seus números serem sorteados.

A mulher confirmou que não vai se demitir de seu trabalho em um fornecedor de assistência médica e planeja compartilhar seus ganhos com os membros da sua família, doar uma “fatia” de dinheiro para sua instituição de caridade favorita e “comprar uma caravana e viajar” pelo país.

“Sou tão apaixonada pelo meu trabalho. Isso me levará a fazer mais trabalho de saúde por causas importantes para mim”, disse ela ao site The Lott. “Eu não tenho certeza do que fazer, mas é claro que vou ajudar minha família.”

No entanto, visualizando vários meses ou anos na trilha deste tipo de dinheiro, nem todos os vencedores anteriores da loteria ainda desfrutam de sua súbita mudança de riqueza e atenção.

Apesar de seus esforços para viver uma vida normal com um saldo bancário enorme, a tentação é mais difícil de resistir.

Gastos “extravagantes” terminam em derramamento de sangue

Maria Lou Devrell, 55 anos, de Tamworth, Nova Gales do Sul, ganhou US$ 5 milhões (US $ 3,59 milhões) da Oz Lotto em 1999 e frustrou seu contador confiável ao gastar dinheiro rápido demais.

Peter Joseph Kelly ficou tão bravo com os gastos “inúteis” de Maria que ele bateu na mulher com um martelo de borracha até ela morrer. O marido da mulher conhecia Kelly há mais de 20 anos, de acordo com relatos da mídia.

“Surgiu uma situação em que eles estavam gastando dinheiro mais rapidamente do que estava sendo atribuído a eles pelo infrator”, disse o juiz Robert Allan Hulme ao condenar Kelly a um máximo de 18 anos de prisão em 2012. “Ele parece ter tido a atitude pelo fato deles estarem sendo esbanjadores”.

Vida da adolescente “arruinada”

Callie Rogers, de 16 anos, ganhou 1.875 milhões de libras (2,43 milhões de dólares), tornando-se a mais jovem ganhadora de loto da Grã-Bretanha em 2003.

Rogers, que estava em um orfanato em Cumbria, despejou dinheiro em presentes de luxo para seus familiares e amigos e gastou milhares de dólares em grandes festas. Ela pagou por cirurgia estética de mama, roupas de grife e 298.510 dólares em cocaína.

Apenas seis anos depois, ela disse que nada disso a fazia feliz e até mesmo “arruinou” sua vida. Rogers tentou cometer suicídio depois de descobrir que seu namorado a traiu. Ela se tornou mãe e teve que voltar a morar com a própria mãe, fazendo três trabalhos de limpeza para sobreviver. “Minha vida é uma bagunça”, disse ela em 2009.

Uma década depois de ganhar a loteria, Rogers encontrou a felicidade uma vez que sua fortuna se foi.

“Era muito dinheiro para alguém tão jovem. Mesmo se você disser que sua vida não vai mudar, isso acontece e muitas vezes não é para melhor ”, disse ela ao The Sun. “A pressão para sair e viver uma vida de festa glamour se foi – e eu prefiro assim”, disse ela.

Morreu falido e solitário

O padeiro inglês Keith Gordon achou que era Natal quando ganhou US$ 10 milhões em 2005.

O homem de Shropshire largou o emprego e investiu em cavalos de corrida “sem brilho” que lhe renderam muito dinheiro e fizeram dele um alcoólatra desenfreado que acabou entrando em reabilitação.

Depois de ter sido casado por 25 anos, sua esposa o deixou. Gordon finalmente perdeu mais de US$ 1 milhão depois que um trapaceiro lhe enganou e tirou esse dinheiro.

“Minha vida foi brilhante, mas a loteria arruinou tudo”, disse ele ao The Times em 2010. “Qual é o sentido de ter dinheiro quando ele te manda para a cama chorando? Eu pensei que a loteria seria a resposta para os meus sonhos. Agora esses sonhos se transformaram em pó”.

Gordon finalmente atingiu o fundo do poço, estava quebrado e morreu de um ataque cardíaco que a família e os amigos atribuíram ao seu “estresse financeiro”.

Alguns alcançam o equilíbrio

A psicóloga Zoe Krupka acredita que muitos ganhadores de loto acabarão precisando de aconselhamento porque ganhar tanto dinheiro subitamente proporciona uma “liberdade terrível”.

“É preciso haver um passo antes do aconselhamento financeiro. Os casais precisam falar sobre como querem gastar seu dinheiro e com quem querem compartilhá-lo”, disse Krupka à News Limited.

Ela sugere que o segredo para sobreviver a uma vitória na loteria é encontrar o caminho certo para compartilhar notícias de sua riqueza, uma vez que ela não pode ser escondida para sempre.

“A realidade é que pode ser bom para muitas pessoas, mas não há dúvida de que é sempre muito estressante”, disse Krupka. (Epochtimes – Por Richard Szabo)