Home Destaque Como ganhar dinheiro com jogos de azar?
< Voltar

,

Como ganhar dinheiro com jogos de azar?

13/06/2019

Compartilhe

Marcelo Viana

Comentei semana passada que o cérebro humano não é bem adaptado para entender probabilidades. Isso é surpreendente, pois tal competência deveria ser útil para a sobrevivência de nossos ancestrais. No entanto, sem a ajuda da matemática temos dificuldade para lidar até com situações simples de incerteza.
A teoria matemática da probabilidade só começou no século 16. Os primeiros avanços foram obtidos por um dos personagens mais interessantes de seu tempo, o italiano Girolamo Cardano (1501 – 1576), e a motivação era prática: como ganhar dinheiro com jogos de azar?
Cardano tem lugar de destaque na história da matemática também por outra razão: em 1545 publicou o livro Ars Magna (A Grande Arte), em que introduziu os números negativos e divulgou pela primeira vez as soluções das equações de graus 3 e 4 (dando o crédito aos descobridores).
Girolamo Cardano
Astrólogo, médico, geômetra e astrônomo, Cardano se sustentava e pagava seus estudos com os lucros do jogo e chegou a juntar uma boa fortuna. Por volta de 1520, começou a escrever o “Livro dos Jogos de Azar”, em que identificou pela primeira vez as leis matemáticas do acaso. Sua descoberta mais importante foi o Método do Espaço Amostral: para calcular a probabilidade de que o jogo seja favorável, conte todos os resultados possíveis e também todos os resultados favoráveis; a divisão do segundo número pelo primeiro dá a probabilidade desejada, sob certas condições.
Vamos praticar? O seu amigo propõe que sejam lançados 2 dados, um após o outro. Se a soma dos números obtidos for 6 ou menos ele paga R$ 1.000, caso contrário quem paga é você. Vale a pena jogar? Respostas são bem vindas pelo email viana.folhasp@gmail.com.
Cardano nunca publicou esse livro para não divulgar seus segredos profissionais. O texto foi encontrado após a sua morte e só seria editado em 1663.
Àquela altura, a ciência da incerteza já estava mais avançada. A humanidade estava começando a aprender que o acaso tem muito mais a ver com matemática do que com preces ou superstições.
Esse aprendizado está longe de ser concluído. Ainda na Copa de 2014, minha filha de quatro anos afirmava que o gol da Croácia no Brasil foi culpa nossa, porque servimos a salada num pote vermelho. Mas eu acho que ela não queria mesmo era comer salada…
Duas figuras maiores da ciência do Renascimento, Johannes Kepler (1571-1630) e Galileo Galilei (1564-1642), também escreveram sobre apostas e jogos de dados. Será que descobriram como ganhar dinheiro jogando? Não perca os próximos episódios.

(*) Marcelo Viana é matemático, diretor-geral do Impa, e ganhador do Prêmio Louis D., do Institut de France. O artigo acima foi veiculado na editoria ‘Colunas e Blogs’ da Folha de São Paulo.