Home Categoria "Opinião"
< Voltar

Opinião

Editorial do O Globo: Guinada de opinião, por Paulo Horn

27/03/2018

A guinada de opinião trás à luz e reforça a necessidade de legalização e regulamentação dos cassinos e a exploração do jogo eletrônico no Brasil

Atualização do modelo de exploração de loterias estaduais – pode ou não pode?

Daniella S. Miranda*
Temos testemunhado diversas ações do poder Público Federal no sentido de barrar ou impedir o desenvolvimento regular das loterias estaduais fundando no entend...

19/01/2018

Em busca de uma chance

Confesso que uma profunda tristeza me percorre ao tomar consciência do atraso do Brasil na capacidade de aproveitar a globalizaçãoConfesso que uma profunda tristeza me percorre ao tomar consciência do atraso do Brasil na capacidade de aproveitar a globalização
Ricardo Felizzola*
A Computer & Electronic ...

17/01/2018

‘O Brasil que exporta apostadores’

Bolsas online da Copa expõem dilemas da proibição do jogo no país, segundo colunistaMaureen Flores*


Caracterizado como jogo mental, o poker é reconhecido no Brasil como esporte. Com isso, pode ser inserido no Calendário Esportivo Nacional do Ministério dos Es...

16/01/2018

Regis de Oliveira: O jogo e os desejos humanos

Há movimento bastante forte no sentido de sua legalização. Interessados e setores se movimentam no sentido de estimular o Congresso Nacional e o governo para que se sensibilizem e aprovem o jogoRegis Fernandes de Oliveira*
O homem é um ser desejante. Ele quer sempre alguma coisa. Em todos os ângulos. Deseja algo. Quando consegue, muda seu foco e quer outra. Sempre insat...

15/01/2018

A volta da Loteria Estadual

O advogado Antônio Carlos Côrtes defende a volta da LOTERGSAntônio Carlos Côrtes*
A Loteria do Estado do Rio Grande do Sul é patrimônio do Estado e é a mais antiga do Brasil, pois criada em 1947 e regulamentada pelo Decreto nº 1.350 de 15...

14/11/2017

Não há razões para manter proibidos os jogos de azar

Artigo do advogado Igor Mauler Santiago destaca que o risco de associação do jogo a condutas ilícitas (tráfico de drogas, exploração da prostituição etc.) é maior no atual cenário de ilegalidade do que após a liberaçãoIgor Mauler Santiago*




Não sendo apreciador de jogos de azar, penso estar em posição insuspeita para defender a sua liberação no Brasil.

Prezando a liberdade dos cidadão...

13/11/2017

Proibição do jogo. Farsa de sete décadas

Existe a hipótese ainda pouco estudada que, por trás do repúdio das igrejas ao jogo, ocorra uma ácida disputa pela renda disponível dos cidadãos 
Ney Carvalho*




O presidente Dutra assinou, em 30 de abril de 1946, o decreto-lei no 9.215, que proibiu a prática ou exploração de jogos de azar em todo o território...

07/11/2017

A abertura do mercado de loterias no Brasil

Projeto sinaliza crescimento de mais de 30% nas loterias no Brasil em 5 anos e sua duplicação em 15 anosPor Mansueto Almeida e Alexandre Silva*
Existem quatro modalidades de loterias no mundo: a de sorteio de números (no Brasil, representadas pela Mega-Sena, Quina, Lotofácil, Lotoma...

06/11/2017

O planejamento e o poder executivo

Marcelo Gomes de Araújo*Em um reino muito distante, tempos atrás, quando não havia ainda, celular, internet, facebook, etc, morava uma centopeia já idosa, que contraiu reumatismo. Ima...

24/08/2014

Turfe não é clube, e sim indústria

Dezesseis mil vivem da atividade, mas sua existência é ameaçada por relacionamento equivocado com poder público, que tende a vê-la como concorrente de suas loteriasNo Brasil, 16 mil pessoas no campo e nas cidades — em um país que clama pela criação de empregos — vivem do funcionamento do turfe. Este núm...

04/08/2014

Veja mais

Notícias Relacionadas

29/04/2002

Máquinas de videobingo substituem Windows por Linux

A sorte foi lançada, comprem suas cartelas e fiquem de olho no painel.

10/03/2015

Arrecadação das Loterias da Caixa bate recorde em 2014

A Mega-Sena foi responsável por 46% da arrecadação, com mais de R$ 6,2 bilhões no ano

04/04/2016

Clarion lança o 2º Congresso Brasileiro de Apostas e Loterias

O BgC 2016 vai debater o progresso da tramitação das propostas que estão sendo apreciadas pelo Congresso Nacional