Home Blog Legalização dos jogos voltará a pauta
< Voltar

Legalização dos jogos voltará a pauta

06/01/2020

Compartilhe

Também existe uma forte expectativa pela votação e aprovação do Marco Regulatório dos Jogos através do PL 442/91 ou PLS 186/14.

Muitas destas expectativas e perspectivas para 2020 foram manifestadas pelos assinantes Sidinei Tadeu Barreto (Bingo), José Carlos Baungartner (RCT Gaming Brasil), Amilton Noble (HEBARA), Andre Akkari (poker), Renato Almeida (FBM), Aldemar Mascarenhas (Lotérico – Serlopar), Leonardo Baptista (Pay4Fun), Hugo Baungartner (RCT Gaming México), André Feldman (BIG), Andre Gelfi (Suaposta) e Mike de Paula (RCT Gaming USA) durante o período de recesso no site BNLData.

No primeiro semestre deste ano será retomado o debate sobre o melhor modelo de operação dos jogos para o país, com a legalização de todas as modalidades e apenas os cassinos em resorts integrados. Existirá também uma terceira via, liderada pela bancada evangélica, que será o lobby para manter os jogos de azar na clandestinidade.

IJL continuará na mobilização

Reunidos em dezembro de 2019, o conselho e a diretoria do Instituto Brasileiro Jogo Legal – IJL definiram que o trabalho e a mobilização parlamentar no Congresso Nacional continuarão ao longo deste ano.

Repasse dos jogos para os estados

Está cada vez mais forte dentro do governo a proposta de repassar aos estados a decisão sobre legalização de cassinos e jogos de azar.

O presidente Jair Bolsonaro manifestou em várias oportunidades, o desejo de repassar o jogo para os estados e atender os governadores com mais recursos e contornar a oposição da bancada evangélica.

Em setembro do ano passado, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni informou sobre a decisão do presidente em dar autonomia para os estados decidirem sobre os jogos.